FRINGE

Fontesfilmes

poster_fringe-c4

      A mais recente criação do gênio de Lost, J.J. Abrams é o seriado Fringe, um drama que mistura muito bem a ficção científica com pequenos toques de realidade. Conforme acompanhamos o desenrolar dos episódios somos apresentados a diversos elementos que lembram muito a aclamada série Arquivo X, sucesso no mundo todo nos anos 90. 

     Tudo começa com um acidente aéreo em Boston, quando um avião consegue pousar no aeroporto, porém, todos os passageiros estão mortos e de maneira misteriosa. Achando tratar-se de um ataque terrorista, o governo norte americano recorre ao FBI para investigar o caso e é nesse momento que somos apresentados a agente especial Olívia Dunham, brilhantemente interpretada pela atriz Anna Torv.  

dr_bishop_e_olivia_dunham

      As investigações sobre o estranho caso no aeroporto de Boston levam Olivia e seu parceiro Jonh Scott (Mark Valley) até alguns galpões abandonados, onde um dos suspeitos explode metade das instalações quase matando o agente John. Para ajudar nas investigações o chefe do FBI Philip Broyles (Lance Reddick) convoca o cientista Walter Bishop (John Noble) e seu filho Peter Bishop (Joshua Jackson) que juntamente com a agente Olivia Dunham e a assistente de laboratório Astrid Farnsworth (Jasika Nicole) formam a Divisão Fringe, especializada em casos estranhos. A princípio, para Olivia, tudo isso parece ser um grande problema, já que o Dr. Walter Bishop passou os últimos 17 anos em uma clínica psiquiátrica e Peter não tem um emprego fixo, mantendo negócios e contatos obscuros fora do país.  

     A princípio, Fringe parece não ter uma trama fixa, mostrando a cada episódio um misterioso caso para os agentes do FBI, o que lembra muito os famosos episódios “monstro da semana” de Arquivo X. Mas, conforme os episódios vão passando e os agentes tentam descobrir de onde vem aqueles casos bizarros, o público percebe que o estranho acontecimento no vôo 627 em Boston é apenas uma pequena parte de uma trama complexa e bem arquitetada.  

     Aos poucos, Olivia e Peter descobrem que os estranhos casos estão ligados a um fenômeno conhecido como O Padrão e tudo parece estar conectado a uma mega corporação chamada Massive Dynamic, liderada pela executiva manipuladora Nina Sharp.  

o_observador

     Um dos mistérios mais intrigantes da série está sobre o personagem O Observador. Um homem careca e sem sobrancelhas, sempre vestindo terno preto e chapéu, que é visto em todos os casos estranhos envolvendo O Padrão. Aparentemente ele tem uma estranha ligação com o Dr. Walter Bishop, mas que não é revelada na primeira temporada. 

     Todo o mistério que cerca a trama de Fringe é quebrado em diversos momentos pelas loucuras, engraçadas e excêntricas, do Dr. Bishop. 

     Durante os episódios de Fringe, somos apresentados a teleportações, metamorfoses, precognições e muitas outras teorias de conspiração, ao melhor estilo Arquivo X de ser. Além de Arquivo X, outras séries claramente inspiram os criadores de Fringe, como Além da Imaginação e o próprio Lost (do mesmo criador e roteiristas).

     E as novidades sobre a segunda temporada da série, que estréia nos EUA em setembro, já estão circulando entre os fãs. A mais importante talvez seja a entrada do ator Luke Goss, já no primeiro episódio. Luke interpretou personagens bem interessantes no cinema, como o Príncipe Nuada em Hellboy II e Nomak em Blade II. 

Tiago Castro

 

     Pra quem gosta de ficção científica e ótimas conspirações, Fringe é uma ótima pedida.

                               Até o mês que vem!

                                    TIAGO CASTRO

Anúncios

~ por jmodesto1 em 21 julho, 2009.

3 Respostas to “FRINGE”

  1. Oi Tiago! Seu blog é muito legal!!
    Sou órfã de Arquivo X e apesar de ser viciada em seriados americanos, eu não assisto Fringe, acredita? Vou assistir a reapresentação que a Warnner deve fazer quando a temporada atual acabar.
    bj

  2. Fala Castrinho,

    Fringe é simplesmente genial, ele conseguiu resgatar o que X-Files tinha de bom, tirando os absurdos de lado e deixando apenas coisas que podem ser explicáveis pela ciência de borda.

    E os atores também são muito bons, conseguem dar uma personalidade marcante aos personagens.

    Não vejo a hora da 2a temporada começar.

    []s Gui Loureiro
    http://www.ingameaddiction.com

  3. Olá! Tenho um amigo que é fanático pela série e passou mais de uma hora ininterrupta falando comigo.Fiquei super curiosa e já passei a gostar, sem ainda nem ter visto nenhum episódio!! Quando ele citou “Arquivo X” eu senti que realmente é interessante: sou fã! Lendo aqui o que Tiago Castro diz de Fringe me aguçou ainda mais! Vou assistir mesmo!!! Parabéns pelo Blog, muitíssimo atraente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: